Sé Velha de Coimbra

Considerado um dos edifícios românicos mais importante de Portugal, a Sé Velha de Coimbra começa a ser construída após a Batalha de Ourique (1139), quando D. Afonso Henriques declarou-se rei de Portugal e escolheu Coimbra como capital do reino.

A Sé Velha de Coimbra é a única das catedrais portuguesas românicas da época da Reconquista a ter sobrevivido relativamente intacta até os nossos dias. 

A sua aparência de fortaleza, comum às catedrais da época da Reconquista, convidam-no a descobrir as suas três naves no seu interior, e os belos claustros  e capelas que compõem este complexo religioso.

Mais informações em sevelha-coimbra.org