IGREJA DE SANTA CLARA

O seu interior revestido a talha dourada, fazem da Igreja de Santa Clara um dos locais mais visitados da cidade do Porto. Este antigo convento de freiras é uma verdadeira jóia do Barroco Joanino e impressiona qualquer um pela sua exuberância decorativa. 

D. João I, Rei de Portugal, assistiu ao lançamento da primeira pedra da Igreja e do Convento de Sta. Clara, ao lado D. Fernando da Guerra, Bispo do Porto. O monarca 

português ordenou a sua construção após o falecimento de sua esposa, D. Filipa de Lencastre, que nutria uma grande estima pela ordem das clarissas.

O seu portal de entrada, apesar do seu estilo renascentista, possui alguns traços manuelinos, coroado por uma imagem de Sta. Clara e outra de S. Francisco. O interior desta igreja é marcado pela utilização de talha dourada, datado da primeira metade do séc. XVIII o chamado Barroco Joanino. Possui ainda um Coro Alto que se destaca a nível nacional.

Esta deslumbrante igreja encontra-se junto da muralha Fernandina, famosa muralha medieval da cidade do Porto.