Mosteiro de Santa Clara-a-Nova

O Mosteiro de Santa Clara-a-Nova é também designado como Convento da Rainha Santa Isabel, foi erigido no século XVII, as obras só seriam finalizadas nos finais do século XVIII, com a conclusão do claustro, da portaria e do aqueduto.

Constitui-se como um importante repositório de arte portuguesa dos séculos XIV a XVIII.

Na rica igreja em estilo maneirista, o lugar de honra cabe à urna de prata com óculos de cristal contendo o corpo incorrupto da Rainha Santa Isabel, instalado em 1696 e custeado pelo Bispo de Coimbra, D. Afonso de Castelo Branco. O túmulo original, de Mestre Pero, em uma única pedra, foi mandado fazer pela própria rainha; situa-se no coro baixo, onde painéis de madeira policromática narram a história da sua vida.