Artes à Rua


"Arte e Cultura no espaço comum, cidade sem Muros nem ameias, sitiada pela Arte entre Julho e Setembro.

Artes à Rua desafia criadores, e públicos a relacionarem-se entre si no espaço de todos - a Rua - tornando comuns espaços frequentemente de passagem onde as pessoas se cruzam sem se verem, sem se tocarem, sem se encontrarem.


Artes à Rua são uma sucessão de episódios, de encontros, que envolvem criação, interação, fruição e património, numa espécie de centrifugadora de emoções, sentires individuais e coletivos, conflitos entre saberes transmitidos, memórias que se sedimentaram em lugares físicos e simbólicos do passado e novas narrativas artísticas, reflexivas, que as resgatam do tempo inquietando-nos.


Até onde vai a Arte como "lugar" de produção de pensamento crítico? Veremos, assim que o pano abrir!"